Geral da Terra, do ar, do mar e da Lua... Alma das flores, das cores, das pessoas nas ruas... Geral de tudo que se vê, de tudo que se ouve, das verdades nuas.

18/02/2008

Feudo Tricolor

O que se tem que entender - e, a partir daí, lutar para mudar - é que os clubes "sociais" de Porto Alegre são feudos.
Tanto Sogipa, União, Leopoldina, etc., e Grêmio e Inter são constituições de costumes de classes regionalizadas da cidade.
Chega a ser um fenômeno sociológico.
Historicamente, vêm sendo utlizados como trampolins de famílias tradicionais para os mais diversos cargos em administrações estatais.
E o mais interessante é que têm em seu núcleo duro pensante - e comandante - pessoas ditas anti-Estado.
São diretorias constituídas por pessoas que gozam de boa vida, empreendedoras bem suscedidas e que pregam em seus discuros em jantares, confraternizações, programas de debates ou nas bancas dos partidos a que pertencem, a eliminação do Estado na vida das pessoas.
Ocorre que esse comportamento é meio paradoxal, porque tanto as aspirações pessoais de grande maioria destes como a relação dos respectivos clubes com a sociedade necessitam de quê?!
Do Estado.
Os clubes precisam de regimes de impostos diferenciados, apoios publicitários, estrutura burocrática específica para atender questões trabalhistas, jurídicas, etc.; e as pessoas que se colocam nessas posições de dirigentes aspiram cargos políticos nos quadros estatais e cargos executivos.
Portanto, há, sim, conflito de interesses e uma rede obscura de relações que rege o comportamento dessa casta para com os plebeus da sociedade e com os porta-vozes de seus valores (leia-se, aqui, a grande mídia).
Pois vejamos ainda a questão da Arena que se quer construir para o Grêmio.
Desde o início se divulga insistentemente que o novo estádio será construído no longínquo bairro Humaitá.
Os porta-vozes em seus momentos de opinião sempre dão como certa a escolha dessa região - aliás, nem parece que há escolha...
Dirigentes alimentam essas informações.
Há um desrespeito completo para com a própria democracia na omissão de que se trata de um processo licitatório interno, de escolha de mais de 1 projeto.
Foi necessária muita gritaria para que os detalhes dos projetos saíssem a público, inclusive.
Pois bem, agora - mesmo que ainda insistam que é líquida e certa a escolha do Humaitá -, as cartas estão na mesa e as comparações são inevitáveis.
Em outro post podemos ir mais fundo nessa história, mas agora eu coloco dois fatores que talvez expliquem a preferência pelo projeto do Humaitá.
- envolvimento dos poderes públicos federal, estadual e municipal (ao contrário do da Azenha, que envolve apenas o município) - quem está na prefeitura? E no governo do estado? No ministério das cidades? Quanto de investimento público para as obras de entorno será necessário? Quais os partidos envolvidos nessas tomadas de decisão para estes financiamentos? Alguma relação com a direção tricolor?
- no projeto compra-se uma área (Humaitá) e vende-se a outra (Azenha) - por quanto? Para quem? Quem vai comprar tem quais relações com quem vai vender?
E por aí vai.
Com o futebol, as relações são as mesmas.
Estranha-se porque a mídia não fala mal de um cara destemperado e de baixo nível para dirigir um clube da envergadura do Tricolor como o Pelaipe.
Pois sugiro uma "tocaia" na churrascaria Barranco - ou em algum outro iminente point alimentício da cidade - para perceber o que acontece.
São as mesmas relações dos Senhores Feudais para com a Igreja à época da Idade Média.
É a casta de dirigentes e seus porta-vozes, com o futebol fazendo as vezes de santidade...

JAMAIS NOS MATARÃO!!!(?)

ps: "tocaia", entre-aspas, para identificar o sentido figurado, significando observação, ok?

6 Comentários:

Anonymous miguel grazziotin disse...

Pois é, nao moro em POA, embora tenha estudao 6 anos aí..entao com resoeito aos clubes sociais nao posso falr..mas vejamos em relaçao ao Inter e Gremio...O Odone nao tinha conseguido se eleger vereador em POA, mas ao assumir o Gremio se elegeu dep. federal,diga-se de passagem (soa como piada) pelo PPS, antigo PCB...o cara é um nazista!!! e o Inter, seu Luis Fernando Zachia, se meteu no Inter e virou verador e a seguir (quando entao saiu do Inter) dep. estadual, pelo PMDB, mas bem, que poderia estar no PSDB/PPS/PP/PTB porque é tudo farinha do mesmo saco... Só fico nestes dois exemplos mais recentes, mas a classe dominate usa e abusa da ignorancia politic do povo e se elege...Os torcedores acham que é grenal eleger o fulano do Gremio ou o Beltrano do Inter...dos jogadores entao nem vou falar, um bando de iletrados que já foram ou são vereadores ou deputados, por exemplo Mazzaropi ( que se mandou pro japao e nem renunciou antes, criando um problema legal) ou o Valdomirop do Inter que dizia, eleito, que nao entendia nada de politica, mas que o doutor Asmuz ia lhe "ajudar" e assim vai,,, Por estas é que não torço mais....nao vou dar IBOPE pra burgues...

18/02/2008 23:00

 
Blogger CORNETA PRÓ GRÊMIO disse...

Guga, antecipando-nos à tua licença, mas com o devido crédito, reproduzimos parte desta matéria no www.blogdacornetaprogremio.blogspot.com
Abraço
Fevereiro de 2008
Considerações sobre a arena e atuais relações do futebol


Reproduzimos parte de artigo do Guga Turk em http://www.almadageral.blogspot.com/
"Pois vejamos ainda a questão da Arena que se quer construir para o Grêmio.
Desde o início se divulga insistentemente que o novo estádio será construído no longínquo bairro Humaitá.
Os porta-vozes em seus momentos de opinião sempre dão como certa a escolha dessa região - aliás, nem parece que há escolha...Dirigentes alimentam essas informações. (grifamos)
Há um desrespeito completo para com a própria democracia na omissão de que se trata de um processo licitatório interno, de escolha de mais de 1 projeto.
Foi necessária muita gritaria para que os detalhes dos projetos saíssem a público, inclusive.
Pois bem, agora - mesmo que ainda insistam que é líquida e certa a escolha do Humaitá -, as cartas estão na mesa e as comparações são inevitáveis.
Em outro post podemos ir mais fundo nessa história, mas agora eu coloco dois fatores que talvez expliquem a preferência pelo projeto do Humaitá.- envolvimento dos poderes públicos federal, estadual e municipal (ao contrário do da Azenha, que envolve apenas o município) - quem está na prefeitura? E no governo do estado? No ministério das cidades? Quanto de investimento público para as obras de entorno será necessário? Quais os partidos envolvidos nessas tomadas de decisão para estes financiamentos? Alguma relação com a direção tricolor?- no projeto compra-se uma área (Humaitá) e vende-se a outra (Azenha) - por quanto? Para quem? Quem vai comprar tem quais relações com quem vai vender?
E por aí vai.
Com o futebol, as relações são as mesmas.
Estranha-se porque a mídia não fala mal de um cara destemperado e de baixo nível para dirigir um clube da envergadura do Tricolor como o Pelaipe.
Pois sugiro uma "tocaia" na churrascaria Barranco - ou em algum outro iminente point alimentício da cidade - para perceber o que acontece.
São as mesmas relações dos Senhores Feudais para com a Igreja à época da Idade Média.
É a casta de dirigentes e seus porta-vozes, com o futebol fazendo as vezes de santidade...
JAMAIS NOS MATARÃO!!!(?)
postado por Guga Türck às 19:13 "

Postado por CORNETA PRÓ GRÊMIO às 07:09 0 comentários

19/02/2008 08:03

 
Anonymous Anônimo disse...

Informação: Segundo os cardeais que estão aconselhando Odone, o projeto Odebrecht não é bom para o Grêmio. Desta forma, já teriam se comunicado com a OAS e esta estaria disposta a mudar seu projeto para o Humaitá...entendeu?
Jogo de Cartas marcadas, como tem um post no Grêmio acima de tudo.
Ora, quem não sabe que a Odebrecht só é o que é graças ao falecido ACM, e que a OAS é do finado(hoje familia).
Botaram o bode na sala, tipo, ninguém iria aceitar que se demolisse o Olimpico, o local tinha que ser Humaitá(afinal alguém tem que ganhar muito dinheiro), o primeiro projeto não é ideal, só sobra um que aceita ser onde o Grêmio(alguns)acha ideal e o bode sai correndo.
Não precisa justificar porque o comentário vai anônimo.

20/02/2008 14:27

 
Anonymous gremioacimadetudo disse...

Guga:
Alguém postou em nosso blog. Grêmio acima de tudo, parte do texto Feudo Tricolor, achamos muito bom e o publicamos. Qual´não é nossa surpresa recebemos um comentário dizendo que estamos encitando a violência.
Cuidado, os censores, os trogloditas estão soltos.

21/02/2008 12:04

 
Blogger Guga Türck disse...

Amigo, estou exposto porque não sou um pseudônimo - e isso preocupa, sim.
Mas como jornalista que sou, procuro sempre nos textos seguir as regras da liberdade de expressão, sem entrar na calúnia o difamação - sim, tenho conhecimento sobre o assunto.
Ameaças já recebi várias, sempre de trogloditas identificados com a direita gaudéria e - conseqüentemente - com os grupos que historicamente dominam o Grêmio.
Mas essa é uma característica natural desse grupo ideológico... E pensar que os meios de comunicação sempre procuraram pintar a esquerda como sendo constituída por pessoas raivosas, radicais.
Como eu não costumo deletar comentários, se quiseres, posso indicar os posts para quem quiser conferir. Tem, por exemplo, uma menina que destilou uma raiva sem tamanho em um post sobre o Hugo Chávez, devia estar babando quando escreveu os comentários, e outro que disse que ia me dar um pau, chamando a Geral pra quebrar a minha cara lá no Olímpico...
Então, pergunto: como fazemos? Aceitamos isso tudo e paramos de questionar? De passar os nossos pontos-de-vista?
Caso paremos por essa coerção que se coloca, estaremos baixando a cabeça para um "poder maior". Caso aconteça alguma coisa com a nossa integridade física, ou com os nossos veículos de comunicação, significa que um "poder maior" agiu.
Mas não estamos numa DEMOCRACIA???
Comportamentos como esse, se aceitarmos, começam a legitimar e a identificar uma ditadura tácita, anti-democrática e violenta, bem aos moldes do que ocorreu em toda a América Latina nas décadas de 50 e 60...
E isso não dá para admitir, concorda?

Grande abraço e seguimos!

21/02/2008 12:39

 
Anonymous Anônimo disse...

Interessante comentário sobre a Geral:

http://gremioacimadetudo.blogspot.com/2008/02/maconha-liberada-v-na-geral-do-grmio.html

22/02/2008 03:06

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home