Geral da Terra, do ar, do mar e da Lua... Alma das flores, das cores, das pessoas nas ruas... Geral de tudo que se vê, de tudo que se ouve, das verdades nuas.

01/11/2007

Um time para o Grêmio I

Mais um fiasco ontem em Curitiba.
Retumbante, diga-se de passagem.
Mesmo assim, mesmo com o Brother Menezes fazendo toda essa força para manter a inderrotabilidade (se invencibilidade serve a quem só vence, este neologismo que usei serve ao contrário) fora de casa, é impossível não mencionar a arbitragem desse bosta do Tardelli.
Ele já havia apitado outros jogos do Tricolor e foi desastroso - um deles, em Caxias, se o Juventude não fosse muito ruim, teríamos perdido pelo seu apito, que nos sonegou dois pênaltis entre outras coisas.
E ontem ele meteu a mão de novo.
Está certo, o Grêmio não tem jogado porcaria nenhuma fora de casa, mas o apito "amigo" tem ajudado nessa escrita.
Contra o Flamengo também foi assim: gol em impedimento, pênaltis não marcados...
Fica complicado mesmo.
Sobre a expulsão de Tcheco, não faz diferença nenhuma.
Aliás, o Grêmio tem sido o time da "diferença nenhuma", já que mudam os jogadores - por expulsão, suspensão ou lesão - e nada muda:

- joga o Nunes no Olímpico: Grêmio vence
- joga o Nunes fora: Grêmio perde
- joga(ou farda?) Diego Souza no Olímpico: Grêmio vence
- joga(ou farda?) Diego Souza fora: Grêmio perde
- não joga Eduardo Costa no Olímpico: Grêmio vence
- não joga Eduardo Costa fora: Grêmio perde

E assim vai.
Dá para fazer o mesmo raciocínio com outros jogadores que não têm feito diferença nenhuma no plantel ultimamente: Bustos, Patrício, Sandro, Tuta, Marcel, Tcheco...

No próximo post, tentarei "montar" um plantel para o Tricolor em 2008 - ano de Copa do Brasil e título inédito da Sul-Americana!

1 Comentários:

Blogger Kayser disse...

O Tardelli deu até assistência para gol do Atlético! Só deu azar do bandeirinha anular, mas o passe foi molimétrico.

02/11/2007 09:27

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home